SNES

Então… acho que milhares de consoles do Super Nintendo (não é nitendo!!!)  já foram modelados, mas acho que é como um e-mail, todo mundo tem direito de fazer o seu 🙂 . Foram 9 horas de trabalho, ao longo de 4 dias. Renderizado com o Cycles.

Anúncios

Blog e Portfólio… Fusão!

Depois de não ver mais praticidade em manter um blog (blendesfera.com) e um portfólio (tonicarvalho.com), resolvi fundir os dois em um só endereço. Agora tudo se resume e se encontra em tonicarvalho.com. Outra novidade é a página “WIP” onde sempre constará o processo de produção em que eu esteja envolvido no momento (Ao menos o que eu considere mais interessante para um “work in progress”, caso seja mais de um). Nesse primeiro WIP, você acompanha a modelagem disso aqui  >XX<

Residencial

O mérito em relação ao Golf e à árvore à direita não é meu, estão em Blender Swap. Quanto ao resto, eu assumo as responsabilidades 🙂

Blenderpro 2011: Épica !!

Luis Retondaro, Gustavo Matos, Arnaldo Barreto, Ivan Paulos (greylica), Daniel Valente, Toni Carvalho (eu rs), Gustavo Fernandes e Ton Rosendaal.

O mais sensato é escrever pouco, afinal, traçar kms de linhas de texto não será suficiente para passar a ideia do que foi a Blender pro 2011 (Em Salvador). Segue um super resumido combo de coisas: Ton Rosendaal compareceu e nos convenceu de que o Blender nasceu a partir de uma figura 10; a organização local encabeçada pelo Arnaldo Barreto fez um magnífico trabalho; as oficinas foram ótimas, o local escolhido foi bastante acolhedor, a comunidade (presente) mostrou que é feita de muita gente bacana e ficou bem claro para todos (acho) que o blender é mais que linhas de código sorrindo pra gente numa interface gráfica, o blender somos nós; além disso ficou a expectariva pra que a comissão de Brasília faça um ótimo trabalho em novembro de 2012 sediando o evento. E 2013 será a vez de Palmas (TO)!


O bom/mal filho à casa torna…

Em fevereiro de 2008 entrava no ar o Blog Blendesfera. Na época minha intenção era publicar notícias referentes ao Blender, mas o blog surgiu justamente num período em que houve um “boom”  de blogs relacionados ao Blender, com gente copiando matérias a torto e direita sem produzir praticamente nada. Resolvi então fazer de Blendesfera uma espécie de diário virtual onde o internauta podia acompanhar quase que diariamente o andamento de minhas modelagens.

A receptividade do blog, pelo número de acessos e as mensagens positivas dos visitantes, serviu-me de grande estímulo e até hoje agradeço a todos aqueles que o visitaram em seus primórdios. Por motivos de força maior (rs) deixei blendesfera na geladeira e criei o blog Um Pixel…

O fato é que mesmo após quase 2 anos parado e apenas com um link para o novo blog em sua única página, blendesfera continuou sendo muito visitado, mais ainda que Um Pixel (foram 22 mil acessos a uma página sem qualquer atualização, contra 7 mil do novo blog no mesmo período). Acho que nem preciso estender a explicação, Blendesfera está de volta!